Importância

Produtos usados no período menstrual

fundo-periodo-menstrual
Fazer higiene com menor intervalo e trocar o absorvente frequentemente. Como neste período existe aumento de umidade e acúmulo de material orgânico, a higiene mais frequente promoverá a remoção mecânica dos resíduos, melhorará a ventilação genital e diminuirá a umidade. O sangue menstrual, a maior produção de secreções e o uso prolongado de absorventes com película plástica externa são fatores agravantes da irritação vulvar. Substâncias de higiene levemente ácidas favorecem a manutenção do pH adequado da região genital.
SABONETES
Como já foi dito anteriormente, não basta usar água pra fazer a higiene genital, pois a gordura gerada em nossa pele, apesar de necessária, quando em excesso acaba retendo os resíduos de células mortas e de bactérias. Este material deve ser removido periodicamente para evitar a irritação ou coceira e, principalmente, não ser fonte de odor desagradável e de multiplicação bacteriana. Os sabões têm papel preponderante na remoção deste material já há muitos séculos, por isto é importante entender como funcionam e sua evolução. Hoje, sabe-se que os sabões e sabonetes não são todos iguais, pelo contrário, têm muitas características em comum e outras tantas que os diferenciam.
LENÇOS HIGIÊNICOS
Os lenços higiênicos são pequenas toalhas de tecido umedecido que possibilitam a higiene em qualquer situação. Os lenços umedecidos, em geral, têm grande aplicabilidade: desde cuidados com o bebê e remoção de maquiagem até higiene íntima feminina.
Os lenços íntimos para higiene genital feminina são uma boa alternativa para o papel higiênico comum, que usualmente deixa resíduos na genitália. Também, devido a sua versatilidade e conveniência, têm sido cada vez mais usados pelas mulheres, pois podem ser carregados facilmente em bolsas pequenas e utilizados a qualquer momento.
 Os lenços para higiene íntima feminina são toalhinhas embebidas em solução de limpeza com ingredientes umectantes (ex.: glicerina), ácido láctico, livres de álcool e de sabão. Seu pH é levemente ácido para reestabelecer e manter o pH ideal da pele. Possuem ingredientes suaves e não irritantes, sendo hipoalergênicos.
Sugere-se que os lenços sejam utilizados em substituição ao papel higiênico; porém, ainda existe alguma resistência quanto ao uso dos lenços umedecidos por medo de que possa causar alergias ou irritações no genital. Conforme já citado neste livro, mulheres que apresentem quadros irritativos em decorrência do uso de qualquer produto (que são uma minoria da população) devem evitar contato até que fique esclarecida a causa. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos comparou o lenço ao papel higiênico e mostrou que o lenço não é prejudicial. Além disso, devido aos componentes e formulação específica para a área genital feminina, o uso do lenço é bem tolerado e proporciona sensação de frescor e bem-estar, sendo, portanto melhor que o papel higiênico por não deixar resíduos. Algumas mulheres referem que o uso de lenços umedecidos poderia deixar a pele da vulva molhada; contudo, isto não procede. Alguns minutos após o seu uso, a pele ficará naturalmente seca, permanecendo a sensação de frescor e limpeza.
Nota: os lenços umedecidos de boa qualidade não contêm ÁLCOOL em sua composição.
ABSORVENTES
Dentro da questão higiene genital feminina, é necessário considerar todo e qualquer produto que sirva para garantir à mulher uma melhor condição de vida social diária.
Neste particular, um produto que entra em contato diretamente com a região genital da mulher, seja no período menstrual, seja no período intermenstrual (protetores diários), são os absorventes higiênicos.
Os absorventes são produtos de higiene íntima utilizados pela mulher durante a menstruação ou nos intervalos menstruais. Têm a finalidade de absorver o sangue menstrual ou outros líquidos no período intermenstrual (perda involuntária de urina, corrimento, perdas sanguíneas intermenstruais, secreções e/ou transudações pós-coito e atividades esportivas), oferecendo mais conforto à genitália feminina e evitando o inconveniente de manchas nas vestimentas.
Estes produtos de higiene íntima feminina evoluíram muito nas últimas décadas, não apenas na forma, mas, principalmente, na qualidade de absorção de líquidos e secreções. Além disso, melhoraram e muito a qualidade de vida das mulheres.
COLETOR MENSTRUAL (OU COPO MENSTRUAL)
Coletor menstrual é um copo cônico (semelhante a um cálice) de silicone medicinal hipoalérgico e antibacteriano com aproximadamente 5,6 cm de comprimento e cerca de 4 cm de maior diâmetro que, colocado no interior da vagina, serve para recolher o sangue da menstruação.
Por ser consistente, mas ao mesmo tempo flexível, o copo se adapta ao interior da cavidade vaginal, fazendo uma compressão nas paredes, impedindo a entrada de ar e evitando vazamento menstrual.
Na base do cálice, existe uma haste central do mesmo material com aproximadamente 2 cm que serve para tracionar o copo menstrual, quando se quer retirá-lo.
O uso do copo menstrual pode servir favoravelmente para evitar a irritação e quadros alérgicos vulvares observados em algumas mulheres em decorrência do uso dos absorventes externos.
Por outro lado, teoricamente, a compressão da parede vaginal e/ou do colo uterino, exercida pelo coletor menstrual, quando mal colocado, pode também criar um ambiente desfavorável de isquemia (falta de oxigenação) tecidual e, até, de dificuldade de drenagem sanguínea e linfática.
Assim como o absorvente interno, evite permanecer por longos períodos com o coletor menstrual na vagina. Retirar a cada quatro a seis horas para esvaziá-lo e higienizá-lo, mesmo nos dias de menor fluxo, reduzindo, assim, a proliferação bacteriana no sangue coletado.
Também não recomendamos seu uso por tempo prolongado, para evitar a compressão contínua da parede vaginal pela borda do copinho.
 O coletor menstrual não é descartável e quando bem cuidado pode durar de quatro a dez anos. Durante o período intermenstrual, o produto deve ser guardado em local ventilado, fresco e sem ação direta de luz ou produtos químicos.
A higienização do coletor é feita lavando-o com água corrente. Não é aconselhável ter relações sexuais quando o copo menstrual está no interior da cavidade vaginal.

 

PARA MAIS ORIENTAÇÕES, CONSULTE O LIVRO:

logotipo